Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009
Obesidade Infantil - Mãe alarmada excesso de peso do bebé (tel)

Telefonema Susana Rios, 30 anos, de Santa Maria da Feira:

Tem um filho de nove meses que pesa 11 kg. Como o irmão mais velho, com seis anos, já tem obesidade mórbida, está preocupada.
 
De acordo com a professora Carla Rego, há que distinguir uma obesidade que decorre duma síndrome e, outra, que aparece em crianças sem nenhuma doença de base, à partida saudáveis.
 
"Cada criança tem o seu padrão de crescimento próprio e este depende, à partida, do peso com que nasceu. O pediatra e o médico de família são os principais responsáveis por fazerem o seguimento dessa criança. Há crescimentos acima da média e que não são alarmantes, particularmente se os aumentos de peso não forem muito bruscos", refere a doutorada em obesidade pediátrica.
 
As características morfológicas até ao um ano de vida constituem um factor determinante de vir a desenvolver obesidade. Portanto, um dos objectivos neste período crucial é evitar aumentos muito bruscos de peso.


publicado por servicodesaude às 16:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28