Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010
Dependências - Introdução (por Maria Elisa Domingues)

Muitas famílias portuguesas debatem-se com problemas de álcool ou droga no seu agregado familiar. O consumo destas substâncias não afecta apenas os próprios, mas também os seus familiares e toda a sociedade, visto que o tratamento das doenças associadas a esses consumos – quando é possível – vai pesar, de forma brutal, no orçamento da Saúde. Sem contar com as vidas perdidas na estrada, pela violência provocada pelo álcool, nas capacidades, nas carreiras, nas esperanças destruídas pelo uso de drogas. O mesmo acontece com o tabaco, também ele na origem de muitas patologias e mortes.

 
Ainda na última semana, três pessoas apareceram mortas no distrito de Coimbra, pensa-se que devido a overdose. Se o consumo de heroína está a diminuir, o da cocaína, da cannabis e de outras drogas continua a crescer.
 
Mais aceite socialmente, o consumo de álcool causa no entanto estragos irreparáveis na nossa sociedade e desencadeia inúmeras doenças. O mais grave é que o seu consumo cresce junto dos mais jovens, às vezes perante o divertimento ou, pelo menos, a indiferença geral.
 
É destas dependências que vamos falar hoje.


publicado por servicodesaude às 23:46
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28