Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010
Doenças do Fígado - Funções do Fígado e Terapias diferenciadas

Eduardo Mendes, considera o fígado é "um órgão interessantíssimo; o nosso maior órgão, pesa cerca de um quilo e meio".

 

Algumas hepatites poderão ser tratadas apenas com anti-virais. Ao contrário de outros órgãos como o coração, o rim, ou o pulmão, o fígado não pode ser auxiliado pela tecnologia. Quando o fígado entra em falência, ou é substituído ou então é muito complicado.
 
O fígado tem mais de cinco mil funções; está incluído no sistema circulatório e recebe cerca de 25% do sangue que o nosso coração bombeia.
 
Quando tomamos um medicamento é muito difícil ser absorvido pelo organismo da forma como o tomamos. É absorvido e degradado no fígado; transforma-se em varias coisas e se calhar só duas ou três é que têm efeito terapêutico.
 
Por isso os médicos aconselham a não tomar bebidas alcoólicas com medicamentos. “Há uma sobrecarga hepática com o medicamento e se o tomamos com álcool a sobrecarga é ainda muito maior. Para além disso, a absorção do medicamento também é menor e mais lenta", explica Eduardo Mendes.
 
O médico de família adianta que "o fígado também é o órgão do nosso corpo que mais facilmente se regenera. E por isso é que pode ser transportado aos bocados, não é preciso transplantá-lo por inteiro".
 
É também o caso da hepatite A, que se cura normalmente sem nenhum tratamento específico.
Há, aliás, muitas doenças hepáticas que têm cursos benignos. Existem outras, contudo, que exigem formas terapêuticas extremamente agressivas, como é o caso do transplante.


publicado por servicodesaude às 19:15
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28