Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
Paralisia Cerebral - Centros de Reabilitação e Ajudas Tècnicas

Estima-se que existam cerca de 20 mil pessoas com paralisia cerebral em Portugal. Os 15 centros de reabilitação existentes são fundamentais para apoiar os pais e as famílias,e servem uma população de sete mil pessoas.

 
O Centro de Paralisia Cerebral de Lisboa é hoje uma entidade que pertence à Segurança Social e tem à volta de mil crianças e adultos. N a opinião da enfermeira Teresa Folha isto significa "um volume enorme de pessoas e muitas dificuldades ao nível de recursos humanos e técnicos".
 
A vice-presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa, Maria José, vai mais longe ao afirmar que o centro foi um centro de excelência a nível mundial, quando representado pela Dra. Maria da Graça, "mas hoje é uma lástima. Desde 2005 saíram 45 técnicos, que não foram substituídos". Por este motivo diz que "a situação é muito grave".
 
A vice-presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa considera que esta população está a ser destituída de um direito que lhes assiste: "parece que estão todos curados… o centro só funciona umas horas por dia. Esta população está a ser negligenciada pelo Estado Português".
 
As dificuldades que as pessoas com paralisia cerebral enfrentam suscitam uma necessidade de interpretação por parte dos pais e dos profissionais.
Mas também no campo das ajudas técnicas, ainda não temos um sistema que responda atempadamente: "Existem aparelhos de síntese da fala, que se ligam ao computador. Estas ajudas técnicas são fundamentais mas ainda chegam tarde no nosso país", aponta Graça Andrada, coordenadora do Programa Nacional de Vigilância de Paralisia Cerebral.

 



publicado por servicodesaude às 20:40
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28